sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Tirei calcinha no restaurante. Matei o garçom

Ontem o maridão corno me chamou para jantar fora, com um olhar bem safado.
Ele escolheu uma saia curtíssima para eu vestir, um salto 12 e uma blusa transparente. Mas ainda bem que na escolha do sutiã ele foi mais discreto, só o decote chamava a atenção.

Logo pensei - Ele está muito mal intencionado - qual seria a surpresa que estava me preparando?!

O corno me encheu de mimos de casa até o restaurante. Colocava petiscos na minha boca, e a cada petisco umas mordiscadas no pescoço, tudo isso regado a um bom vinho!

Mimos, mordiscadas e vinho, a receita fatal... comecei a ficar excitada, excitada, molhada, mais molhada. E o safado aumentou ainda mais a dose: começou a me falar coisas picantes no ouvido enquanto mexia na minha buceta por cima da calcinha.

Ahhhh, não aguentei! Tirei a calcinha e dei a calcinha para ele lamber, em pleno restaurante.

Coitado do garçom, estava se aproximando justo nessa hora! Ao ver a cena, deu um tropeção e foi com tudo para o chão, bandeja, pratos, copos e garrafas. Quando ele se levantou, olhou para mim roxo de tão vermelho. E eu, com a maior finesse, fingi que absolutamente nada havia acontecido.

Esta foi sexy-hilária. Impossível esquecer a noite de ontem.

3 comentários:

  1. Resposta para o seu Twitt: Sou guloso sim, e adoro as loiras quentes, mais do que as geladas!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. adore seu blog!
    visite o nosso
    esposaslindasdemais.blogspot.com

    ResponderExcluir

Participe do blog

Envie suas fantasias, suas histórias, dúvidas, sugestões e pedidos de aconselhamento. E acompanhe minhas dicas neste blog.
E-mail: domadoradecorno@gmail.com