domingo, 19 de junho de 2011

Papo sério com Corno: driblando preconceitos

Neste blog agente ri, se excita, se diverte de montão mas... falamos sério também.

 A principal razão que tive ao abrir este blog foi para diminuir os preconceitos  que a sociedade tem com os cornos e também ajudar muitos homens que descobrem ter esses desejos e não conseguem entender o que se passa com eles; e muitas mulheres para que possam compreender mais um marido cuckold e tirar disso um imenso e delicioso prazer para ambos.
E com isso vamos redescobrindo juntos o que é mito ou verdade no fetiche cuckold.



É gratificante ler depoimentos que recebo por e-mail, como este do Mineiro FS que publico abaixo, nos dando conta de que o modesto trabalho do blog Domadora de Corno está cumprindo seus propósitos e ajudando muita gente a se compreender melhor.

Penso que o primeiro passo é observar que, tanto no Brasil como em Portugal, temos uma criação tradicionalmente machista com resquícios burgueses; a  qual, dentre outros diversos valores,  impõe aos homens que cobrem fidelidade de suas mulheres e que as mantenham em permanente vigilância para que nunca se deitem com outro. (Continua - clique abaixo para prosseguir)



As imposições culturais nem sempre condizem com a nossa natureza, desejos e inclinações íntimas, principalmente no campo sexual.  Nesse confronto é gerado o conflito interno da pessoa, e também o preconceito dos demais que se recusam a aceitar a mínima coisa que seja "diferente" do "fejião-com-arroz" de cada dia.

É importante notarmos isso, pois a forma como fomos educados em casa e pela sociedade adentra nossa cabeça de tal forma, que acabamos cegos à nossa verdadeira natureza, e acabamos por repudiar a nós mesmos.

Não se ache um E.T., nem um pervertido, muito menos um doente, se você descobrir que se sente excitado ao imaginar sua mulher com outro homem na cama. Isto é um fetiche que milhares de homens têm como você, e isso tem o poder de levá-lo a altos graus de excitação, que comumente você não teria.

Ocorre que, devido a preconceitos da sociedade,  os homens dificilmente admitem que possuem esse desejo perante os amigos e família.

Você não é o único. Não mesmo. E se sinta como um sortudo, pois o corno consegue atingir altos graus de excitação e prazer que os homens comuns jamais irão atingir. Quem é cuckold e já experimentou sabe que não estou exagerando nem mentindo.

Segue abaixo a carta enviada pelo Mineiro FS. A história dele, muito provavelmente é bem parecida com a sua história e de muitos outros homens.
E você, mulher de corno que esteja solteira e more nos arredores de Belo Horizonte, entre em contato com ele.

Mineiro FS, escreveu:

Boa tarde Sra., primeiramente parabéns pelo blog, vem mudando minha vida a cada dia...uma fonte de inspiração!

Sou mineiro de BH e tenho 40 anos.Sou uma pessoa que sempre chamou atencao pela altura, educacao e pelo sorriso que sempre fiz questao de dar as pessoas, alem de meu olhar.Fui casado por 8 anos com uma mulher, que na opiniao de muitos , era muito gostosa.Uma morena de estatura mediana, com olhos cor de mel, seios minusculos, mas uma bunda que faria qualquer garota fruta ter inveja, belissima e abundante.

Sempre fiz o estilo pegador ( apesar de nao ser dotado) e com o passar dos anos de casamento, nossa vida conjugal se tornou monotona, principalmente em materia de sexo. Ela que era fã incondicional do sexo anal, implorava que eu fizesse e na maioria das vezes eu negava.

Os pedidos de sexo anal com o passar do tempo foram se tornando cada vez mais raros, ate chegar o ponto de não ocorrer mais tal solicitação dela.Achei normal no inicio, pois como eu não fazia , ela provavelmente tinha se cansado,Porem, num descuido dela, em uma das raras vezes que a colocava de  4 para fazer amor com ela, percebi que ela estava com o rabo arrombado.Fiquei sem palavras e assustado, mas pensei, que nada ela deve estar se masturbando.

Aquilo me intrigou, e comecei a reparar mais o seu comportamento.Saia cada vez mais perfumada para trabalhar e chegava sempre cansada e não tinha tempo para ficarmos juntos.

Confesso, que isso me atraia , mas me dava um medo danado, pois era minha esposa.

A situação ficou incontrolável para ela, quando ela chegou ate a mim e pediu o divorcio, pois estava com outra pessoa.Entrei em parafusos, porem com um misto de tesão.Depois de algumas horas do pedido, implorei para ela nao fazer aquilo, pois ja desconfiava e nao queria perde-la e aceitaria a situacao.Ela nao quis....infelizmente.

Hoje , com o passar do tempo, me vejo lendo blogs como o seu (minha maior fonte de inspiracao), vendo filmes do Sombra, cuckold e vejo que preciso ser o que realmente sou com uma mulher, um corno

Penso nisso 24 hrs por dia.....isso me fascina...quero me soltar...ser feliz e dar toda atencao a uma mulher que queira me fazer o corno mais realizado do mundo.

Quero venerar uma mulher e cuidar dela pros outros machos desfrutarem.....me ajude....

Reforco, amo seu blog e quero ser participante ou colaborador ativo dele....e encontrar uma mulher que me faac mansinho..por favor..pode publicar meu msn


Mineiro FS
pampulha34bh@hotmail.com

10 comentários:

  1. Muito bom esse post...

    Este Blog é ótimo, está de parabéns.

    Fui manso durante 4 anos, desde a primeira semana do namoro até o último dia, levando chifres todas as semanas.

    Infelizmente tive que me mudar e distancia fez o relacionamento acabar.

    Hoje estou em um novo relacionamento, sei que ela me trai, pois já algumas vezes, cheguei a ver ela entrar no motel e ficar esperando ela sair, adoro sentir o gosto dele no corpo dela, o cheiro de macho quando ela chega em casa é ótimo. Mas infelismente ela não sabe que eu sei, já tentei falar com ela sobre o assunto, mas ela dis que não gosta disso, que precisa ter ciumes e bla bla bla. Mas mesmo assim é bom saber que ela me trai, acho que hoje em dia não conseguiria mais ter um relacionamento sem ser corno.

    Amo ser corno, e apoio todos os cornos e safadas.

    Corno Guloso

    meu msn é: cornoguloso@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, tbem não teria outro relacionamento sem ser corno...Cornutto

      Excluir
    2. Oi Corno. Não entendi o porque ser "corno guloso". Você chupa o cacete do macho junto com sua esposa?. Se sim, me diga, você também deixa o macho comer seu cusinho, na frente da putinha?.Se a resposta as perguntas acima forem todas sim, eu gostaria muito de comer os dois. Tô louco de vontade de meter ferro num homem na frente da esposa e depois e só depois comer ela também, de todas as formas e posições possíveis, inclusive o cusinho dela. Abraços e muitas chupadas na bocetinha da sua putinha. Taradão por casais.

      Excluir
  2. Valeu pelo elogio, to curtindo muito o sei blog tb, já favoritei, bjs

    ResponderExcluir
  3. qdo jovem meu prazer era pegar as casadas, hoje meu prazer é ouvir minha jovem esposa contar suas aventuras, é uma tesão mútua preparando-a para o comedor, gozamos e muito juntos qdo ela volta feliz e realizada, enquanto chupo sua xoxotinha, aquele cheiro me deixa doido, ela me conta com detalhes tudo que fez com o amante, depois transamos gostoso, é tudo que eu quero na vida, ela sabe que eu gosto, faz de tudo para me agradar, demorei para aceitar a ideia de ser corno, mas por experiencia afirmo; o prazer de corno é muito mais intenso e gostoso que o prazer do comedor, eles são apenas um instumento do meu prazer e da minha esposinha querida, assim vivemos felizes, antes durante e depois.

    ResponderExcluir
  4. OI, sempre tive exitação por mulher safadinha, qdo era casada e safada me dava mais tesão poe ela ainda, nunca fui hipócrita com meus sentimentos, então percebi q realmetne eu gsotava de ser corno, queria uma mulher assim casada e safada. O problema é repassr isso apessoa q vc começa a ter relacionamento, Como a Sª Domadora, que adoro seu blog, diz sociendade machista e acrescento hipócrita. Mas, com pesquisas e ajuda tb desse blog fui criando coragem a falar p minha esposinha q eu adoraria ser um corno bem manso. Ela no começo ficou desconfiada, achando q eu não gsotava masi dela, mas com o tempo em q viu q não era isso foi gsotando da idéia. Um certo dia chegou me perguntando se eu realmente queria ser corno, chifrudo, só apergunta já me deu um enorme tesão, e eu respondi q sim. Ela com um sorriso disse: _então fique feliz pq vc é um cornão mesmo, toda vez q vc ia trabalhar eu ia me encontrar com o Marcos (uma amigo do trabalho dela , trabalhavam à tarde)nós transamos a manhã toda e depois vamos p trabalho juntos, muitas vezes eu transava com ele de manhão e com vc à noite, vc nem percebeu, bem cornõ mesmo. Isso me deu um tesão imenso e agradeci muito a ela por me fazer um corno. Como a Srº Domadora disse e é verdade, éu um tesão q eu jamais tinha sentido , vc não quer deixar de ter nunca. Daí por diante tenho mais histórias da minha esposinha que depois posso relatar. Amo ser corno e esse blog me ajudou juito tb ter coragem para realizar.

    ResponderExcluir
  5. Desculpe srª Domadora, mas posso passar meu msn junior2009200924@hotmail.com , o anônimo q relatou o caso acima

    ResponderExcluir
  6. adoro cornos mansos gostaria de trocar ideias com cornos de todo o brasil meu email é socornos.100preconceitos2013@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nunca imaginei que um homem pudesse ter prazer em saber que é corno, até que eu e meu namorado atual resolvemos ir a uma casa de swing, e para minha surpresa ele pirou quando me viu com outro macho. Inicialmente fazíamos troca de casais, até que, por idéia dele, fizemos um menage e ele diz que adora me vir transando com outro homem, enquanto ele assiste a tudo ou faço oral nele. Moramos em estados diferentes e nos vemos poucas vezes por ano, e ele já até declarou que posso até me casar com outro que ele não abre mão de mim. Ah, amo meu corninho e estamos procurando um comedor.

    ResponderExcluir
  8. Ola a quem quér um comedor achooooo;; eu ja comi ou meti com muitas mulheres na prezensa do marido a pedido dele pra realizar as fantasias e alguns pra iniciar a ser corno é muito tesão é gostozo estar ali realizando o desejo a fantasia de um casal;;;;; e para aqueles que não tem coragem ou tem medo de comfidenciar o seu desejo pra sua querida;; deixe isto comigo eu comvenço éla é só passar meu E-mail pra éla ;;; eu sou de Curitiba pr. ;;;; iuzektopa@hotmail.com

    ResponderExcluir

Participe do blog

Envie suas fantasias, suas histórias, dúvidas, sugestões e pedidos de aconselhamento. E acompanhe minhas dicas neste blog.
E-mail: domadoradecorno@gmail.com